In Omnia Paratus

Já virou tradição em todas as férias minha irmã vir para Montanha para passar uns dias comigo. E no meio desse ano não foi diferente. Nas duas semanas em que ela esteve em nossa casa, Maria Luisa aproveitou para estudar ainda mais (ela é pré-vest de Medicina), mas também usou o tempo livre para passar algumas tardes no meu trabalho, invadir a minha “biblioteca” e, porque não, entrar em uma maratona de Gilmore Girls comigo durante todo tempo livre possível.

Como a série é da época da minha adolescência e ela não conhecia bem os personagens, iniciamos tudo da primeira temporada, para ela poder ir assimilado as loucas histórias de Lorelai e Rory. Mas, eu estava ansiosa mesmo era para a quinta temporada, e para poder mostrar à Isa o meu personagem favorito da série e tudo que ele representa na história.

Logan é um aluno de Yale que teve uma criação privilegiada e um é vem de uma família muito poderosa. E, talvez por isso, por ter o mundo aos seus pés, limites é uma coisa que ele, aparentemente, desconhece. Entra Rory, nossa querida protagonista: certinha, nerd, boa garota. Não sai nunca da sua zona de conforto. Ao menos até conhecer Logan, que funciona como uma espécie de chave mestre, abrindo seu casulo e a revelando todas as grandes oportunidades que o mundo tem a oferecer.

Rory pós-Logan é uma garota cool, viva, intrigante, com sede de viver. E minha teoria é que tudo começou lá no meu episódio favorito, onde eles passam algum tempo juntos pela primeira vez, e Logan desafia Rory a perder o medo de viver a vida com intensidade. Eu acredito em cada palavra desse episódio e acho que muita gente tá aqui nessa vida achando que existe prorrogação ou uma segunda chance. E não gente, não tem. A vida é agora… Ponto!

Para quem nunca assistiu Gilmore Girls ou nunca viu este episódio, vejam o vídeo abaixo com o exato momento em que Logan estimula Rory a viver um pouco mais…

E aí? Vocês também estão prontos para tudo o que der e vier?